Portugal | Açores | Horta | São Roque do Pico | English | Español | Français | Mapas | Fotos | Restaurantes

São Roque do Pico



Escolha um concelho
Corvo
Horta
Lajes das Flores
Lajes do Pico
Madalena
Santa Cruz das Flores
São Roque do Pico
| Pensões e Residenciais (1) | Turismo no Espaço Rural (4) | Casas Particulares (2) |

Situado na costa norte da ilha que exibe a montanha mais alta de Portugal, o pico vulcânico que lhe dá nome e atinge 2350 metros de altitude, o concelho de São Roque é também caracterizado pelo negro das rochas vulcânicas, em contraste com uma vegetação exuberante.

Entre as principais atracções naturais, destacam-se os «mistérios» da Prainha e de Santa Luzia, terrenos de lava esponjosa resultantes de antigas erupções vulcânicas, a primeira ocorrida no século XVI e a segunda em 1718, tendo as lavas expelidas viajado cerca de nove quilómetros até atingirem o mar.

A sede do concelho gaba-se de diversos motivos de interesse, nomeadamente a Igreja Matriz, do século XVIII, com altares em talha dourada, e a Igreja e Convento de São Pedro de Alcântara, construção barroca do mesmo período com valiosos tesouros no interior.

Outra curiosidade da vila é o Museu da Antiga Fábrica das Armações Baleeiras, com equipamentos e apetrechos que eram utilizados na transformação industrial do cetáceo, cuja pesca constituía uma das principais actividades de ilha.

O património religioso de São Roque do Pico inclui ainda a bela igreja da freguesia de Santo António, com um precioso retábulo, e a Igreja Paroquial (1732) e diversas ermidas da povoação de Santa Luzia.

O concelho proporciona ao visitante muitas actividades ao ar livre, desde passeios a pé e excursões às lagoas do Peixinho e do Caiado até à pesca e à natação em piscinas naturais formadas por rochas vulcânicas, como a da Prainha, ou piqueniques nos parques florestais de Santa Luzia e da Prainha.

Há ainda a possibilidade de passeios de barco para observação de cachalotes e golfinhos no mar alto.

A gastronomia é sobretudo caracterizada por deliciosas especialidades com peixe fresco ou marisco, que podem ser acompanhadas com os bons vinhos brancos da zona.

À sobremesa, diversos doces típicos ligam bem com o conhecido verdelho do Pico, semelhante ao vinho da Madeira.

A principal festa do concelho, designada por «Cais de Agosto», decorre entre 31 de Julho e 3 de Agosto, e oferece muita animação de rua e música, eventos desportivos e exposições.

| Pensões e Residenciais (1) | Turismo no Espaço Rural (4) | Casas Particulares (2) |
Google

© 1997-2021 Guia de Viagens Portugal Travel & Hotels Guide | Termos legais | Política de privacidade | Contacto