Portugal | Planícies | Santarém | Vila Nova da Barquinha | English | Español | Français | Mapas | Fotos | Restaurantes

Vila Nova da Barquinha



Escolha um concelho
Abrantes
Alcanena
Almeirim
Alpiarça
Benavente
Cartaxo
Chamusca
Constância
Coruche
Entroncamento
Ferreira do Zêzere
Golegã
Mação
Ourém
Rio Maior
Salvaterra de Magos
Santarém
Sardoal
Tomar
Torres Novas
Vila Nova da Barquinha
| Turismo no Espaço Rural (1) |

A principal atracção do concelho é, sem dúvida, o encantador Castelo de Almourol, que se ergue numa pequena ilhota do rio Tejo.

Foi construído sobre os alicerces de um antigo forte romano pelo primeiro grão-mestre da Ordem dos Templários, Gualdim Pais, em 1171.

As ruínas da ilha-fortaleza de Almourol, com a graciosa silhueta das muralhas do castelo reflectida nas águas do rio, deram origem a muitas lendas e histórias de mistério.

A principal fonte destas é uma novela em verso do século XVI, intitulada Palmeirim de Inglaterra, escrita por Francisco Morais e que narra aventuras de gigantes e cavaleiros, e de como o cavaleiro andante Palmeirim lutou pelo amor da formosa Polinarda.

A fortaleza dos Templários, com os seus baluartes e nove torres, permaneceu inexpugnável perante qualquer força invasora.

Outro vestígio da importante presença dos templários nesta região é o castelo em ruínas de Gualdim Pais, que dirigiu a companhia de militares e religiosos, na povoação de Praia do Ribatejo.

Ainda no concelho, há igrejas interessantes em Tancos e na Atalaia.

De resto, a região é marcada pelo fluxo do grande rio Tejo, geralmente tranquilo e bucólico, mas por vezes traiçoeiro, com as suas súbitas enchentes.

Vila Nova da Barquinha foi outrora um importante porto fluvial, dominando o comércio de madeira, sal e azeite, antes da chegada do caminho-de-ferro.

| Turismo no Espaço Rural (1) |
Google

© 1997-2020 Guia de Viagens Portugal Travel & Hotels Guide | Termos legais | Política de privacidade | Contacto